quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Diapasão


     Durante o meu curso de piano no conservatório, por várias vezes acompanhei o trabalho do afinador de pianos. Me lembro bem de um afinador, o Sr José Vieira, que também afinava o meu piano. Um senhor super bem educado, inteligente e muito bom profissional. Por anos afinou os pianos do conservatório e também o meu. Numa das vezes que foi em minha casa para afinar o piano, me presenteou com um diapasão. Na década de 70 essa era uma das "ferramentas" de trabalho. Depois dessa visita ele se mudou para o interior e nunca mais soube dele. Para quem não sabe, não conhece e/ou nunca viu, um diapasão funciona assim: segura-se na parte curva logo acima das hastes com o polegar e indicador. Segurando assim, bate-se a haste numa superfície dura. Logo em seguida, coloca-se a parte redonda (parte oposta às hastes) no ouvido e então ouve-se o LA universal. A partir dessa nota, afinam-se as demais. Trabalhoso, não?

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Uma longa pausa!

   Estava um tanto atarefada com coisas alheias à musica, porém... faz parte da minha realidade. Agora estou retornando com muita força. Quase um ano envolvida com outras coisas do tipo guloseimas e artesanato. A partir de amanhã, tudo volta ao normal. Postarei mais algumas "relíquias" da minha vida estudantil e algumas composições novas.

sábado, 28 de maio de 2011

que pena...

Não consegui postar a música Bipolar. Tentei por 2 vezes mas não consegui. Porém, se houver desejo em ouvi-la, ela está no youtube. É só digitar Bipolar - composição para 2 flautas e piano ou ainda Silene Tenan Barioni.

O emblema do Conservatório Musical Lins de Vasconcelos


Não tenho nada da década de 60 para poder mostrar o emblema do Conservatório, tal qual era bordado nas costas do blusão! Porém no diploma que estou postando, o emblema dá a idéia de como era. Imagine esse emblema bordado. Era lindo! Não lembro das cores desse bordado, só me lembro que pegava toda a parte de trás do blusão.








Aproveitando essa postagem, segue uma outra composição minha: Bipolar - para 2 flautas e piano

domingo, 1 de maio de 2011

Títulos das minhas composições

Apesar de conseguir compor essas musicas, sou incapaz de "batizá-las". Porém... tenho um ótimo "batizador" : Lafaiete. É ele quem batiza minhas composições e ao meu ver, faz isso maravilhosamente bem.
Eu passo a partitura (tanto de flauta como a de piano e flautas) de uma musica para ele, nos revisamos tanto as flautas quanto o piano, tocamos, e arrumamos alguma coisa quando é preciso. Aí ele leva essa partitura e depois de algum tempo ele me traz o nome da musica, simples assim.....(para ele).
A música que estou postando hoje é uma das que mais gosto entre as que fiz com andamento mais rápido. É a Dansa dos Duendes. Eu fiz as fotos do vídeo . Essas fotos foram tiradas de um livro: "Gnomes" com texto de Wil Huygen e ilustração de Rien Poortvliet.

Dansa dos duendes - 2 flautas e piano

video

sábado, 23 de abril de 2011

Cantiga - composição para 2 flautas e piano

Essa música eu compus em fevereiro de 2010, para 2 flautas transversais (soprano) e piano.
Estou convertendo todas as minhas composições para mp3, e posteriormente passando o audio para cd.
O 1° cd ,experimentalíssimo, contém 16 composições e o 2° também experimental, contém outras 16 composições. Estou terminando de preparar o 3° cd também experimental com mais 16 outras composições.
É bom ouvir essas composições pois me ajudam a definir o estilo em que elas se enquadram, pois até agora não consegui definí-las. Elas tem um que de clássico, um que de modinha, de contraponto, um que de romântico, de chorinho, enfim... Ainda não consigo definí-las.
video

domingo, 10 de abril de 2011

Lembranças!


Ontem quando arrumava algumas partituras antigas, da época dos meus estudos, lembrei de um detalhe:
uniforme do conservatório! Não lembro de outras peças se é que elas existiram, mas com certeza do blusão eu lembro bem! Era muito bonito! Azul royal com punhos, barra e gola amarelo ouro, de ziper, e nas costas bordado o emblema do conservatório. Eu adorava aquele blusão. Pena que não foi guardado!
No fecho do zíper eu pendurava um chaveirinho de vidro - o Mug- um bichinho que era como "febre" na época.
É interessante como ao vestir aquele blusão eu me sentia muito importante! Livros de piano nas mãos e lá ia eu subindo a avenida Lins de Vasconcelos até o Conservatório. Não sei até quando o uniforme foi adotado, mas acho que na década de 70 já não era mais usado.

Vou postar algumas medalhas da época de meus estudos. Pois é! Na época o aluno que obtinha notas boas durante o ano, era homenageado na audição de encerramento. Então havia medalha de 1°, 2° e 3° lugar, tanto para instrumento como para as matérias complementares. Era muito bom ser homenageado com uma medalha pois isso sustentava o ego e motivava os estudos ainda mais! Isso sem contar a paparicação da família, claro! Tempos infinitamente felizes!

Vou postar também uma outra composição: Faceira-para 2 flautas e piano -composição feita em 03/01/2010.


video